Raimundo Melo Lima faleceu em 1964, com 34 anos de idade, vítima de um acidente de viação ocorrido em França.


Tido como um dos melhores avançados cabo-verdianos de sempre, Mundinho, como era conhecido, nasceu a 18 de Dezembro de 1929, na cidade da Praia, Santiago, filho de Agostinho Lima Barber e Etelvina Nogueira de Melo.

Um craque, um dos melhores avançados cabo-verdianos de sempre, uma lenda do futebol cabo-verdiano, destacou-se, pelo Rápido Futebol Clube e pelo Sporting da Praia, onde foi capitão, nos anos 1950 e 1960.

Esquerda para Direita: De pé: - Djinga Maia, Lecy, Zé Calçada, J.José, Albino, Benvindo, Agusto, Heitor, Ivo e Djudja

Abaixados: - D.Cabral, Henriquinho, Mundinho, L.Bastos, Toizinho e Zezinho (Fogo).

Muito veloz, com excelente habilidade de drible e grande arte de cabecear, em 1960, ajudou o Sporting da Praia na conquista do título de Campeão de Cabo Verde, ao vencer o Amarante de São Vicente por 1-0.

Primeiro título de Campeão de Cabo Verde dos Leões da capital.

Também teve uma curta passagem pelo futebol português.

Foi casado com Felisberta da Conceição Ferreira Querido, com quem teve quatro filhos.

Segundo consta, chegou de trabalhar como fotógrafo e também na SAGA (Serviço de Aquisição de Géneros Alimentícios) em Santiago.
ADP
CrioloSports