O presidente da direcção do Torreense Sport Clube, Carlos Bartolomeu, anunciou hoje, à Inforpress, que o clube não vai participar nas competições da época futebolística 2020/2021, na zona norte de Santo Antão.


Carlos Bartolomeu declarou que dificuldades financeiras estão na origem desta “difícil decisão” que se viram “obrigados a tomar”, tendo em conta que foram feitos vários pedidos de apoio para manterem a equipa “de pé”, mas que não receberam resposta de nenhuma das instituições e empresas contactadas.
“Temos um orçamento básico de cerca de trezentos e tal contos para o funcionamento da equipa numa época desportiva e só recebemos um subsídio de cem mil escudos da Câmara Municipal da Ribeira Grande”, disse Carlos Bartolomeu, destacando, essencialmente, as dívidas da época anterior, entretanto suspensa devido à pandemia, e em que o campeonato não chegou ao fim.
A decisão saída da última reunião da direcção do clube da Ribeira da Torre estipula a suspensão das actividades durante a próxima época futebolística mas com retorno previsto para a época seguinte, dependendo da decisão a ser tomada pela nova direcção que, entretanto, será eleita sem Carlos Bartolomeu , que já se manifestou indisponível para mais um mandato.
Carlos Bartolomeu disse que lançou um SOS à comunidade cabo-verdiana da diáspora mas, desta vez, não recebeu o retorno esperado, embora reconheça que os emigrantes têm sido “uma grande ajuda” para o clube.
Segundo aquele responsável, o Torreense tem apresentado vários projectos a potenciais patrocinadores mas, “por ser um clube pequeno”, não tem recebido resposta das empresas a quem endereçou o projecto que, em seu entender, “é um projecto interessante”.
HF/AA
Inforpress