O antigo presidente do Paulense Desportivo Clube, Octávio Nascimento Delgado Veiga, faleceu ontem, no hospital regional Dr. João Morais, na cidade da Ribeira Grande, em Santo Antão.


“Perdemos um antigo presidente e um grande adepto do Paulense”, reagiu à Inforpress o presidente da actual Comissão de Gestão do Paulense Desportivo Clube, João José “Daza” Borges, explicando que Octávio Veiga “sempre defendeu o Paulense e, mesmo com dificuldades, sempre se deslocou à Ponta do Sol para apoiar a equipa”.
Segundo Daza Borges, a morte de Octávio Veiga “é uma perda irreparável para o clube” e, também, para o próprio concelho do Paul que perde “um grande activista desportivo” que, mesmo fora da direcção do clube, “sempre se mostrava disposto a ajudar a direcção do Paulense, em caso de necessidade”.
Octávio Veiga era funcionário do Ministério da Agricultura e Ambiente e foi o último presidente eleito do Paulense, actualmente dirigido por uma Comissão de Gestão.
Os restos mortais de Octávio Veiga foram sepultados hoje à tarde, no cemitério de Coice das Pombas, no Paul, de onde era natural.
Responsáveis de alguns clubes da região norte de Santo Antão, bem como vários amigos do falecido desportista, serviram-se, também, das redes sociais para endereçarem condolências ao Paulense e à viúva e restantes familiares de Octávio.
Inforpress