Câmara Municipal da Praia distribui 15 mil contos em subsídios para a retoma das actividades desportivas em Santiago Sul

Outras Modalidades Hits: 313


A Câmara Municipal da Praia tem em curso a distribuição de um total de 15 mil contos em subsídios às associações, clubes, escolas e monitores da região desportiva de Santiago Sul, como incentivo à retoma da prática desportiva.


O subsídio, ao que apurou a Inforpress junto do vereador da Cultura e Desporto, Fernando Pinto, começou a ser distribuído precisamente no final do ano no montante de 3.200 contos destinados a todas as associações regionais desportivas, das mais diversas modalidades e desporto adaptado, de Santiago Sul, no montante de 200 mil escudos cada.

Sob o lema “Juntos vamos fazer desta Câmara uma Casa do Desporto”, cada uma das 12 equipas da primeira divisão de futebol desta região desportiva estão a ser contempladas com um subsídios de 150 contos num montante global de 1.800 contos, aos quais se juntam 800 contos distribuídos aos oito clubes da segundo escalão, cabendo o montante de 100 contos a cada um.

A autarquia da capital está a distribuir, ainda, 100 contos a cada uma das 56 escolas das mais diversas modalidades desportivas de Santiago Sul, mediante o levantamento do diagnóstico, no montante global de 5.600 contos.

Aos 14 monitores de grupos fitness e taebo em actividade estão a ser subsidiados com 45 contos a cada um, num total de 630 contos.

Fernando Pinto avançou à Inforpress que a Câmara Municipal da Praia pretende, com todo este investimento financeiro, criar as condições para a retoma da prática desportiva numa época fortemente marcada pela pandemia da covid-19, por forma a tentar compensar os desgastes que têm afectado os agentes desportivos.

“É também mais um gesto de manifestar o nosso total apoio nessa retoma. Também alertamos a todos os agentes desportivos no sentido de serem primeiros exemplos em aderir à campanha de vacinação contra a covid-19 e no controlo das normas de segurança sanitária e, sobretudo, em fazer passar mensagens de valor educativo”, explicou o vereador, para quem os agentes desportivos devem ser exemplos de valores na sociedade.

Esta ofensiva da Câmara Municipal da Praia está a ser fortemente apoiada pelos agentes desportivos, com a Associação Regional de Futebol de Santiago Sul a considerar que a autarquia está a “mostrar, realmente, a sua sensibilidade em questão do desporto”, alegando que “nunca a Câmara disponibilizou tanto apoio às associações, clubes escolas e pessoas individuais de uma só vez”.
SR/HF
Inforpress

Print