Qualificação ao Afrobasket 2021: Ivan Almeida foi o melhor marcador e o mais eficiente da Seleção Nacional


Ivan Almeida, “El Condor”, com 63 pontos, média de 21 marcados por jogo, e com 24.3 de eficiência foi o jogador com melhor performance na Seleção Nacional sénior masculina de basquetebol na disputa das duas janelas FIBA de apuramento ao Afrobasket´2021, a decorrer de 25 de Agosto a 5 de Setembro, no Rwanda.


Na segunda e terceira posições, em termos de eficiência , ficaram Jeff Vavier (17.2) e Michel Mendes (11.5).

De salientar que eficiência é um cálculo feito para encontrar o jogador mais completo em todos os quesitos, com mais acertos e menos erros.

Jeff Xavier foi o segundo melhor marcador, com média de 17.2 pontos por jogo, seguido de Shane da Rosa, com 9.5.

Limitado a jogar apenas as primeiras três partidas (uma vitória frente ao Marrocos e derrotas com Egito e Uganda) devido a lesão sofrida no jogo do seu clube, Ivan Almeida, jogador do Anwil Wloclawek da Polônia, de 31 anos, destaca-se ainda nos ressaltos com registo de 10.3 por desafio.

Na segunda e terceira posições em ressaltos, com 5.5 e 5.0, ficaram Keven Gomes e Ailton Marques, respectivamente.

Por sua vez, com uma média de 6.2 por jogo, Jeff Xavier, foi o jogador com mais assistências pela seleção Nacional.

Seguem-se Ivan Almeida,com 4.7, e Will Tavares, com 3.5.

Cabo Verde ocupa a segunda posição do grupo E, com os mesmos 6 pontos que o Marrocos e menos 4 pontos que o líder Egito, faltando apenas um jogo das três equipas frente a Uganda, que soma 5 pontos.

Todos os jogos da Uganda na segunda fase foram adiados pela FIBAAfrica, depois que cinco membros da delegação ugandense terem testado positivo com COVID-19.

Aguarda-se a decisão da FIBA sobre o agendamento dos jogos ou a desqualificação dos ugandenses do torneio.

ADP
CrioloSports


Print   Email