O jovem futebolista da Académica da Praia, natural de Santa Cruz, por Emerson Martins, convocado para o jogo contra a Uganda, disse estar orgulhoso e promete trabalhar para estar mais vezes entre os seleccionados.


“É um orgulho saber que fui chamado para representar o meu país e vou trabalhar para que seja a primeira de muitas outras, de modo a fazer parte do grupo de jogadores habitualmente convocados”, disse o jovem médio, em entrevista à Inforpress.
O jogador acrescentou que está “duplamente” orgulhoso porque vai estar a representar o Concelho de Santa Cruz, interior de Santiago, que, segundo ele, tem “emprestado” muito jogadores à selecção de Cabo Verde, destacando Djaniny Semedo, que é também natural de Santa Cruz.
No entanto, disse que sempre soube que “este dia iria chegar”, porque tem feito uma boa ascensão a nível de clubes, representando o Bairro, o Boavista e este ano transferiu-se para a Académica da Praia, onde é titular indiscutível.
Emerson Martins começou a dar os primeiros “toque na bola” nos “Scopionzinho”, Escola de Futebol de Scorpions de Santa Cruz e em 2016 esteve na selecção sub-17 de Cabo Verde nos Jogos de CPLP, em Portugal.
No futebol federado começou a jogar no Benfica de Santa Cruz, ainda antes de completar 18 anos, tendo feito antes um teste no Benfica de Portugal, mas devido a problemas burocráticos não chegou a ficar no clube lisboeta.
Da lista divulgada, para além de Emerson, destaca-se ainda a convocatória de Papalelé, do Mindelense, os únicos jogadores residentes na lista de Rui Àguas, que conta com os regressos de Vozinha, Fernando Varela, Hélder Tavares, Danilson da Cruz e Júlio Tavares.
Quando faltam duas jornadas para fechar a ronda deste grupo de qualificação, Cabo Verde encontra-se no terceiro lugar do Grupo L, com 4 pontos, menos um que a Tanzânia e menos seis que o Uganda. O Lesoto está na quarta posição, com dois pontos.
Os dois primeiros de cada grupo apuram-se automaticamente para o CAN´2019, cuja fase final vai ser nos Camarões.
Eis a lista dos convocados:
Guarda-redes: Vozinha – AEL Limassol, Chipre; Thierry Graça – Estoril, Portugal; Elber Évora – Feyenoord, Holanda.
Defesas: Carlos Ponck – CD Aves, Portugal; Nivaldo Santos – Concordia, Roménia; Stopira – MOL Vidi FC, Hungria; Tiago Almeida – Académico do Viseu, Portugal; Gegé – Al Feiha, Arabia Saudita; Fernando Varela – PAOK, Grécia; Jeffrey Fortes – Excelsior, Holanda.
Médios: Bruno Leite – FK Haugesund, Noruega; Danilson da Cruz – Nancy, França; Emerson – Academica da Praia, Cabo Verde; Nuno Rocha – Universitatea Craiova, Roménia; Babanco – Feirense, Portugal; Helder Tavares – Tondela, Portugal.
Avançados: Platini – Poli Iasi, Roménia; Ryan Mendes – Al Sharjah, Emirados Árabes Unidos; Garry Rodrigues – Galatasaray, Turquia; Júlio Tavares – Dijon, França; Papalélé – Mindelense, Cabo Verde; Djaniny – Al Ahli SC, Arabia Saudita; Heldon – Al Taawon, Arabia Saudita; Ricardo Gomes – Partizan, Sérvia; Nuno da Costa – Strasbourg, França.
Inforpress