A FIFA anunciou esta quarta-feira que abandonou o plano de aumentar para 48 o número de seleções na Copa do Mundo de 2022, em Qatar.


O organismo que rege o futebol mundial tinha anunciado em janeiro de 2017 que iria elaborar um estudo de viabilidade para o aumento de número de seleções de 32 para 48, mas diz agora que não há tempo suficiente para considerar a proposta devido a preocupações logísticas.

A proposta de expansão do torneio deverá agora estar em cima da mesa para o Mundial de 2026, que será realizado nos Estados Unidos, Canadá e México.