Em celebração do seu 31º aniversário, o Comite Olimpico Cabo-verdiano (COC) homenageou na sexta-feira, dia 17, Orlando Mascarenhas e Leonardo Cunha.


Uma homenagem em cerimónia intimista na sede do COC, devido à situação da pandemia do covid-19.

Orlando Mascarenhas, 85 anos, atual presidente da Academia Olímpica de Cabo Verde, tem um percurso sobejamente conhecido no desporto cabo-verdiano, pelo qual passou toda a sua vida ligado.

Ainda novo fundou o Benfiquinha, na Cidade da Praia. Transitou-se depois para o Rápido Clube da Praia, que viria a ser transformada no actual Sporting da Praia, onde de entre outras funções, foi treinador e presidente da direcção.

De 1989 a 1991, desempenhou as funções de presidente da Associação Regional de Futebol de Santiago Sul (ARFSS).

Foi ainda  presidente da Federação Cabo-verdiana de Futebol  durante dois anos, de 1991 a 1993, desempenhando um papel fundamental na entrada do futebol cabo-verdiano na Confederação Africana de Futebol (CAF) e consequentemente nas provas africanas a nível de clubes campeões.

Leonardo Cunha é chefe de missão de Cabo Verde para os Jogos Olímpicos de Tokyo2020 e ex-secretário executivo do COC.

ADP
CrioloSports