Vady é o vencedor da prova nacional de ciclismo denominado “Volta São Nicolau 2019”, na segunda etapa que terminou este domingo no Tarrafal, São Nicolau.


A prova nacional de ciclismo foi organizada com o objectivo de reunir os melhores  ciclistas de Cabo Verde, para o ranking nacional.
Cerca de nove atletas vindos das ilhas de Santiago, Santo Antão e São Nicolau participaram da prova “Volta São Nicolau 2019”.
Segundo Vady, presidente da Associação regional de Ciclistas de São Nicolau, as restantes ilhas não puderam participar devido à deficiente ligação marítima e aérea com a ilha de São Nicolau.
A prova foi organizada em duas etapas, a primeira decorreu, este sábado, em 68 km, com o seguinte percurso: Tarrafal/Ribeira Prata/Ribeira Brava.
A segunda etapa, aconteceu este domingo, em 70 km, no percurso Ribeira Brava/Juncalinho/Tarrafal.
Na primeira etapa, Walter classificou-se em primeiro lugar com 2:51:46, enquanto Vady classificou-se no segundo com 2:53:36 e no terceiro Nolito (Santo Antão) com 2:56:32 e no quarto, Helker, com 2:57:08.
Na segunda etapa, Vady classificou-se em primeiro lugar, Nolito em segundo e Helker no terceiro.
De acordo com a mesma fonte, apesar das dificuldades encontradas na primeira prova, hoje, pôde superar e recuperar o tempo “em mais de cinco minutos”.
“Estou bastante satisfeito com o objectivo porque este era o meu desafio” disse.
Para Vady, uma das dificuldades encontradas na prova foram as “calçadas e subidas” o que desgasta fisicamente os atletas na finalização das provas.
Na primeira etapa, Léo (de 15 anos) foi o único atleta a desistir da prova devido ao cansaço físico.
A prova nacional de ciclismo nacional “Volta São Nicolau 2019” contou com o patrocínio do desportista Francisco Brito, nascido em São Nicolau (Covoada) e residente na Holanda, campeão com vários títulos na modalidade de Kick boxing.
Inforpress