Parabéns à seleção do país dos Faraós que logrou o título desta competição africana de sub-16, a primeira a ser realizada em Cabo Verde, perante a excelente seleção do Mali, adversário que trazia a responsabilidade da defesa do título conquistado na edição anterior.


Para quem viu o jogo é que o Egito, foi na verdade, não obstante o bom arranque do Mali que esteve na frente durante quase toda a 1ª parte, superior, não só nesta partida como em todo o campeonato, com jogadores de alto nível já e grande coesão e espírito de equipa, a confirmar o excelente trabalho que se faz na formação naquele país. Não é à toa que o Egito é uma das grandes potencias no basquetebol africano.66 x 57 foi o resultado esta grande partida de basquetebol
Destaque para o base, nº4, egípcio, Maomen Abouzeid, que foi o MVP desta final e do torneio, tendo na derradeira partida deslumbrado com uma enorme exibição, com 19 pts e 4 resslatos e, acima de tudo, enorme maturidade na quadra para a idade que têm, 16 anos.
Cabo Verde, que perdeu com Angola pela segunda vez no torneio, quedou-se em 8º lugar, deixando, porém, muito bons indicadores para o futuro, com atletas como o nº 10 Hugo Silva, o 5 Diogo Monteiro, este que joga no Benfica de Portugal, e o 14, David Buccili, que evidenciaram enorme potencial.
Mali perde o título mas conquista a 2ª posição, enquanto a Nigéria, que suplantou a Gunié-Conakry, num jogo emocionante, 54 x 53 foi o resultado para os nigerianos, ficou com o bronze.
Confirme, a seguir, a classificação final das equipas:
1- Egito
2- Mali
3- Nigéria
4- Guiné Conakry
5- Ruanda
6- Tunísia
7- Angola
8- Cabo Verde
9- Cote D’ivoire
10- Argélia
DGD