O ministro do Desporto, Fernando Elísio Freire, reafirmou hoje que haverá uma participação “digna” da selecção cabo-verdiana de Andebol no mundial de 2021, se o evento for realizado.


Fernando Elísio Freire que falava aos jornalistas à margem da inauguração das novas instalações da Embaixada da Guiné-Bissau, na cidade da Praia, adiantou que o Governo, através do Instituto do Desporto e da Juventude, e a Federação Cabo-verdiana de Andebol já estão a trabalhar num programa para essa participação.
“Portanto haverá participação digna de Cabo Verde. Não será seguramente por falta de meios de preparação que não iremos ter uma participação digna”, sublinhou o governante.
Questionado se haverá financiamento integral do plano apresentado ao Governo, o ministro não avançou qual será a comparticipação do Governo, mas garantiu que todas as condições vão ser criadas para que haja um financiamento integral de Cabo Verde.
“Quando digo de Cabo Verde falo do Governo que assumirá, naturalmente, as suas responsabilidades e todos aqueles que quiseram contribuir para uma participação muito forte de Cabo Verde nessa competição”, disse.
A selecção cabo-verdiana de andebol sénior masculina qualificou-se pela primeira vez na sua história para um Campeonato do Mundo, durante o Campeonato Africano das Nações, realizado em Janeiro deste ano na Tunísia. O mundial de andebol está previsto para 2021, no Egipto.

Siga e Inscreva-se no nosso canal da YouTube!


MJB/HF
Inforpress