Andebol


O Desportivo da Praia sagrou-se na noite de sábado bi-campeão de Cabo Verde em andebol, sénior masculino, ao vencer o Atlético de São Vicente por 29-28, na final realizada no pavilhão desportivo Vává Duarte.


 As equipas do Atlético do Mindelo e Real Bom Sossego (RBS) da Boa Vista já estão apuradas para as meias finais do Campeonato de Cabo Verde em andebol, que decorre no pavilhão Vává Duarte, Cidade da Praia.


A direcção do Clube Juvenil Seven Stars anunciou a ausência da sua equipa feminina no Campeonato Nacional de Andebol 2016/17 e “pondera deixar de participar nos campeonatos regionais a partir desta época”.


 
O Desportivo da Praia iniciou terça-feira a defesa do título nacional de andebol, sénior masculino, com uma vitória de 34-22 sobre Fidjus de Tabanka (Tarrafal, Santiago), em jogo do Grupo B, disputado no Pavilhão Desportivo Vavá Duarte.



 A equipa do Tabanka, de Tarrafal de Santiago sangrou-se hoje campeã regional de andebol de Santiago Norte em sénior masculino ao bater Graciosa por 26-22, no terceiro jogo da final do playoff.



 
O campeonato nacional de andebol, sénior masculino, inicia terça-feira, 18, no Pavilhão Desportivo Vavá Duarte, na Cidade da Praia, contando com a participação de nove equipas divididas em três grupos.



 
O Rosariense venceu, este sábado, no Porto Novo, os Madrugadores, por 23-19, no segundo e penúltimo jogo do play-off do campeonato regional de andebol de Santo Antão, em sénior masculino.




 A equipa feminina do Clube Desportivo ABC, de Santiago Sul, sagrou-se heptacampeão de Cabo Verde de andebol, ao vencer, domingo, o Atlético de São Vicente por 29-28, na final da edição 2016/17, realizada na ilha do Sal.


O presidente da Federação Cabo-verdiana de Andebol (FCA), Nelson Martins, inicia hoje uma visita de dois dias à ilha do Fogo para contactos com dirigentes e responsáveis das equipas desta modalidade desportiva.


 
O campeonato nacional de Andebol, no escalão sénior feminino, inicia hoje, na ilha do Sal, com o confronto entre o ABC da Praia e o Palmeiras da ilha anfitriã da prova.


O novo presidente do Conselho Nacional de Arbitragem da Federação Cabo-verdiana de Andebol, Carlos Chirlito, quer revolucionar a prática do andebol no país e diferenciar o papel dos árbitros do dos treinadores.