Nascido a 3 de Maio de 1945, na cidade de East Providence, Estado de Rhode Island, EUA, filho de pais cabo-verdianos, David Earle Lopes, ou simplesmente Davey Lopes, viria a tornar-se numa das maiores figuras do beisebol dos EUA.


Terceiro de dez filhos dos seu pais, atendeu os estudos secundários na Academia La Salle.

Jogou beisebol universitário no Iowa Wesleyan College e na universidade Washburn.

Foi escolhido no draft de Major League de Beisebol (MLB Draft) de 1968 pelo Los Angeles Dodgers, na 2ª ronda, na 26ª posição, depois de voluntariamente atrasar o inicio da carreira profissional, pois em 1967 tinha sido escolhido pelo San Francisco Giants na 8ª ronda mas decidiu em não assinar contrato.

Estreou-se na Major League pelo Los Angeles Dodgers, clube que representou por 9 anos, em 22 de setembro de 1972 contra o San Francisco Giants.

Foi um dos “ladrões de base” mais eficazes na era moderna do beisebol norte americano.

Seus 557 “bases roubadas” na carreira colocam-o na 26ª posição, mas sua pecentagem de sucesso de 83,01% (557 bases roubadas em apenas 671 tentativas) é a terceira melhor de todos os tempos entre jogadores com 400 ou mais “bases roubadas” na carreira.

Em 1975, Lopes, roubou 38 bases consecutivas, quebrando um recorde de 53 anos estabelecido por Max Carey.

O recorde de Lopes foi mais tarde batido por Vince Coleman em 1989.

Liderou a Liga Nacional (NL) com 77 “roubadas de bases” em 1975 e novamente com 63 na temporada seguinte.

Uma rara mistura de velocidade e potência, conseguiu 28 “home runs” em 1979, tornando-se em um dos sete jogadores da posição segunda base na história da NL a ter conseguido o feito numa temporada.

Conseguiu ainda 17 “home runs” por duas vezes, em 1978 e em 1981, tendo sido vencedor da  “Golden Glove” em 1978.

Disputou em uma série de divisão, seis NLCS e quatro World Series, conquistando um campeão mundial em 1981 como jogador do Los Angeles Dodgers.

Antes da temporada de 1982, foi enviado pelos Dodgers para o Oakland Athletics.

No Oakland combinou com Rickey Henderson para juntamente conseguirem roubar 158 bases (Henderson 130 e Lopes 28).

Em Agosto de 1984, foi enviado para o Chicago Cubs.

Em 1986 mudou-se para o Houston Astros.

Roubou 47 bases aos 40 anos e 35 bases aos 41, antes de se aposentar como jogador no final da temporada de 1987.

De 1978 a 1981, foi escolhido para os  “All-Star” por 4 vezes.

Um dos maiores desportistas de sempre a sair da cidade de Providence, RI, foi homenageado pela câmara da cidade com um centro de recreação, Davey Lopes recreation center.

Enveredou-se para o caminho de treinador.

Treinou a primeira base do Baltimore Orioles de 1992 a 1994 e do San Diego Padres de 1995 a 1999.

Foi contratado como treinador principal do Milwaukee Brewers em 2000, cargo que ocupou até ser despedido em 2002, depois de 15 jogos, com o recorde de 144 vitórias e 195 derrotas em 3 anos.

Regressou aos Padres como treinador da primeira base de 2003 a 2005 e, em seguida, ocupou o mesmo cargo no Washington Nationals em 2006 e no Philadelphia Phillies de 2007 a 2010.

Em cada uma das três temporadas com Os Phillies, a equipa liderou a liga em percentagem de bases roubadas, incluindo o melhor da história da MLB em 2007 - 87,9%. Os Phillies terminaram em segundo ou terceiro no total de bases roubada em cada uma dessas temporadas. 

Em 2008, foi diagnosticado com câncer de próstata após rotina física.

No mesmo ano conquistou uma World Series com Os Phillies.

Em 22 de novembro de 2010, foi nomeado o primeiro técnico de base do Los Angeles Dodgers, cargo que ocupou até a temporada de 2015, transferindo-se para o Washington Nationals.

Depois de ter cumprido o contrato decidiu em se aposentar do cargo após a temporada de 2017, deixando uma grande legacia no Beisebol norte americano, deporto que deu a sua contribuição, de entre jogador e treinador,  por 45 anos.

ADP
CrioloSports