Nascido, a 15 de Junho de 1971, na Cidade da Praia, Isménia Frederico, fez história no desporto cabo-verdiano.


Em 1992,  estreou-se em competições internacionais, tendo conquistado a medalha de prata  na prova dos 100 metros nos jogos da CPLP, em Portugal.

Em 1993, participou no campeonato do mundo de atletismo em  Estugarda, Alemanha.

Um ano depois participou nos Jogos Cultura da Paz na Guiné Bissau.

Aos 24 anos, em 1996, estreou-se como Wild Card (convite) nos Jogos Olímpicos de Atlanta (EUA), de comemoração dos 100 anos dos Jogos Olimpicos da era moderna, tornando-se, portanto, na primeira atleta a representar Cabo Verde na prova.

Terminou no 52º lugar, com o tempo de 13.03 segundos na prova dos 100 metros.

Primeira participação de Cabo Verde nos Jogos Olímpicos.

Também represantaram Cabo Verde, o maratonista António Zeferino, também por convite, e Henry Andrade, nos 110 metros barreiras.

Representou Cabo Verde nos Jogos Africanos de Madagascar, em 1997, Jogos da Cultura da Paz na Guiné Bissau, em 1998, e Jogos do Memorial Barriento Havana, em 1999.

Em 2000, a atleta que também praticou Karaté e Andebol, abriu as portas de Cabo Verde para a maior competição desportiva do mundo, dos Jogos Olimpicos, em Sydney, Austrália.

Conseguiu o 7º lugar na sua série, com o tempo de 12,99 segundos nos 100 metros.

Pós-Jogos Olímpicos de 2000, participou em várias competições internacionais e esteve no Emmanuel College, Boston, USA, em 2003-2004, para a preparação para os Jogos Olímpicos de Atenas.

Em Cabo Verde, foi campeã regional e nacional nos 100, 200, 400 e 800 metros, em 1990.

Jurista de formação continua ligada ao desporto. É hoje presidente da Comissão de Atletas do Comité Olímpico Cabo-verdiano.
ADP
CrioloSports