Nascido em Santa Catarina, Santiago, no dia 12 de Março de 1957, Luís Fortunato Oliveira, ou simplesmente Baessa, entrou cedo no panorama desportivo de São Vicente.


Aos 16 anos jà representava o Mindelense, clube que permaneceu até completar os 34 anos.

O amor à camisola, raça, determinação, resistência e robustez foram as características que fizeram do médio um dos melhores jogadores de Cabo Verde da sua época.

Foi várias vezes internacional pela seleção Nacional.

Um dos jogadores com mais títulos em Cabo Verde, foi  14 vezes campeão regional de São Vicente pelo Clube Sportivo Mindelense.

No seu palmares tem ainda 6 títulos nacionais, em 1976, 1977, 1981, 1988, 1990 e 1992 ao serviço dos Leões da Rua da Praia.

Foi ainda vencedor da prova Inter Ilhas por 3 vezes em representação da seleção de São Vicente, em 1985, 1986 e 1992.

Fez parte ainda da equipa do Mindelense que, em 1983, venceu a 1ª Edição da Taça de Cabo Verde, após vitória de 1-0 sobre o Morabeza da Brava.

Para chegar á final o Mindelense recebeu e venceu no Estádio da Fontinha, os Travadores da Praia  por 3-1 nas grandes penalidades, após um empate a duas bolas durante o tempo regulamentar.

Uma forte equipa do Mindelense da qual faziam parte, de entre outros, ainda, Mané Preto, Gagá, Mané Djodje, Almara, Djobla, Lili, Sidónio, Nhonháss, Bily, Bana, Jorge Rodrigues e Cadino.

Além dos vários títulos conquistados como jogador, o homem, que é uma figura lendária do futebol de Cabo Verde, também já foi campeão nacional como treinador do Mindelense, em 1998, e pelo Derby, em 2005.

Jà treinou ainda o Falcões do Norte e Salamansa.

Vive atualmente em São Vicente e continua activo no futebol.
ADP
CrioloSports