Abel Barreto foi sem sombra de dúvidas um dos melhores futebolistas cabo-verdianos de sempre. 


 Em 1978, com apenas 17 anos, o jovem Abel entrou no desporto nacional na equipa dos Travadores da Praia.

Depois de duas épocas com os Travadores, o médio mudou-se para o Desportivo da Praia, onde permaneceu por 12 temporadas, conquistando um campeonato de Santiago. 

Em 1993, o “motor” regressou aos Travadores. Na mesma época Abel deixou o campeonato competivo de Cabo-Verde.

Conhecido pela sua capacidade de motor no meio campo, Abel representou a selecção de Cabo Verde de 1982 a 1993. O incansável Abel fez cerca de 40 jogos com a camisola da selecção de Cabo verde em paises como Senegal e Guine.

O jogo que mais marcou o jogador foi o torneio de décimo aniversário da morte de Amilcar Cabral, em que o atleta ajudou Cabo Verde a chegar ás meias finais.

Em 1996, já nos Estados Unidos o médio ajudou a equipa do Fidjos Terra, que era treinada pelo treinador Duia, a chegar á final da Taca de LASA.

Abel continua ligado ao futebol a nivel de veteranos com o clube Kel Kau FC.