Os árbitros da região desportiva de Santiago Norte ameaçam paralisar o campeonato regional de futebol, a partir da décima jornada, caso não sejam saldadas as dívidas referente a época passada e esta temporada, 2017/18.


O representante dos homens do apito, Victor Silva, disse, em declarações à Rádio de Cabo Verde (RCV), que estão dispostos a paralisar os jogos do principal campeonato da região enquanto não for saldada a dívida que ascende os 600 mil escudos.
De acordo com a mesma fonte, caso a situação não for regularizada na sua totalidade, os árbitros daquela região desportiva só vão apitar até o término da primeira volta.
Contacto pela Inforpress, o presidente da Associação Regional de Futebol de Santiago Norte (ARFSN), Anastácio Veiga, deu razão aos árbitros, tento em conta que “são eles quem pagam o transporte e outras despesas” durante o campeonato.
Anastácio da Veiga fez saber que a ARFSN não tem recursos financeiros para liquidar essas dívidas, e depositou a esperança nas câmaras municipais e outras entidades.
Advertiu, entretanto, que caso essas entidades não lhes ajudar a saldar a dívida o campeonato poderá mesmo ficar suspenso, uma vez que a associação “não tem como pagar” todo esse montante.
O campeonato regional de futebol de Santiago Norte da primeira divisão, que conta com o concurso de 10 equipas, já vai na sua oitava ronda, faltando dez jornadas para o seu término.
Inforpress