Futebol Brava: Morabeza inicia treinos de preparação para nova época futebolística

O Clube Morabeza iniciou na tarde desta terça-feira os treinos de preparação com vista à nova época desportiva que se inicia a 20 de Fevereiro, sendo o primeiro clube a iniciar os treinos na ilha.

O presidente do clube, Jandir Fernandes confirmou à Inforpress que os treinos arrancaram sob o comando do treinador Ney Lôko, com uma equipa constituída na maioria com jogadores locais.

Segundo a mesma fonte, a equipa encontra-se bem organizada “dentro daquilo que são as condições oferecidas pela situação actual”, tendo já sido contratado quase todos os jogadores que vão constituir o plantel nesta época.

Entretanto, sublinhou que “não está a ser fácil a participação nesta época”, considerando-o mais um “desafio grande” para o clube.

“No ano anterior a equipa teve vários prejuízos, uma vez que a duas jornadas do final, apesar da equipa liderar o campeonato, não conseguimos chegar ao fim devido à pandemia”, disse o dirigente.

Sobre os desafios, apontou que o maior é a nível financeiro, mas, acentuou que a Federação Cabo-verdiana de Futebol e a Associação Regional de Futebol já demonstraram disponibilidade em apoiar os clubes e acabaram por acreditar na possibilidade de ter uma “época diferente, mas de sucesso” e estão a preparar-se da “melhor forma possível”.

Já sobre as expectativas, realçou que é de “insegurança”, temendo fazer investimentos para depois o campeonato não se iniciar ou voltar a ser interrompido a meio da época.

Segundo o mesmo “há uma grande nuvem de incertezas”, destacando que na Brava, além do Morabeza e da Académica não tem visto nenhum outro clube a pronunciar-se sobre a contratação e inscrição dos jogadores nas plataformas digitais.

Mesmo num momento de “incertezas” deixou uma mensagem de esperança e força para os membros do clube e de todos os clubes bravenses, elencando que historicamente os clubes da ilha não podem ficar sem participar no campeonato porque é preciso “dar aos adeptos a sensação de que estão a lutar”.

“Embora estejamos numa situação difícil, cada um faz o que está ao seu alcance e cumprindo as regras sanitárias, todos os clubes unidos é possível fazer história e mudar o cenário”, finalizou Jandir Fernandes.

MC/HF

Inforpres


Print   Email