Qualificação Mundial 2026: Federação Camaronesa de Futebol retira-se da preparação dos encontros entre a Selecção dos Camarões com Cabo Verde e Angola


Mais um capítulo na novela de divergência entre a Federação Camaronesa de Futebol (FECAFOOT) e o Ministério dos Desportos dos Camarões.



A FECAFOOT retirou-se da preparação dos jogos referente a dupla jornada de qualificação ao Mundial 2026, diante de Cabo Verde, dia 8, e dia 11 diante dos Camarões, deixando a organização para o Ministério dos Desportos.

A informacão foi avancada hoje, dia 3, em um comunicado de imprensa, pelo órgão chefiado por Samuel Eto’o, na sequência dos acontecimentos ocorridos no domingo no hotel dos jogadores e da emissão das camisolas esta segunda-feira de manhã.

A FECAFOOT recordou os factos dos hotéis e registou a iniciativa do seleccionador Marc Brys de modificar a composição do corpo técnico.

“Em reunião datada de 2 de junho de 2024, o selecionador Marc Brys decidiu remodelar a Direção Administrativa e Técnica nomeada pela Comissão Executiva, único órgão competente nesta matéria”, lê-se no comunicado.

A nota também menciona atos de intimidação sofridos por membros da direção da seleção nacional (nomeados pela federação) e funcionários da FECAFOOT pelas Forças de Aplicação da Lei massivamente mobilizadas.

Perante esta situação, que muitos pensavam ter sido resolvida após a divulgada conferência de imprensa da semana passada, FECAFOOT ficou em segundo plano nos preparativos para os jogos dos Leões Indomáveis.

Os Leões Indomáveis ainda não treinaram. A primeira sessão marcada para a tarde desta segunda-feira foi cancelada.

Mais, a equipa liderada por Marc Brys ainda não dispõe dos equipamentos necessários para estas atividades que seriam fornecidos pela FECAFOOT, uma federação que se sente marginalizada e que obviamente não ajudará se nada mudar.

ADP/CrioloSports


Print   Email

         

Mais de 10 anos com os desportistas cabo-verdianos

 

 

 

SUBSCREVER AS NOSSAS NEWSLETTERS

Ao subscrever, tomo conhecimento que as newsletter poderão conter publicidade.
 

SUBSCREVER AS NOSSAS NEWSLETTERS

Ao subscrever, tomo conhecimento que as newsletter poderão conter publicidade.