Márcio da Rosa, guarda-redes, que participou na pré-época do Chaves, irá rodar no Montalegre, do campeonato Prio de Portugal.


Com a entrada de Ricardo, cedido pelo FC Porto, o Chaves emprestou o jovem cabo-verdiano, de 19 anos, ao vizinho Montalegre.

O guarda-redes participou na temporada passada na campanha dos sub-19 flavienses, tendo ajudado o clube á subida á primeira divisão portuguesa de Juniores A.

Ainda, , graças á aposta do presidente da SAD Francisco Carvalho, na época passada tinha um lugar reservado no plantel principal do Chaves, que  regressou à primeira liga 16 anos depois , como o terceiro guarda-redes.

Iniciou no futebol aos 8 anos, na Escola de Preparação Integral de Futebol (EPIF), na Cidade da Praia, onde permaneceu até aos 16 anos.

Com 14 anos já jogava na equipa do sub-17 do EPIF como guarda-redes suplente.

Um ano depois com 15 anos ganhou a titularidade nos sub-17 da escola.

O atleta defendeu a equipa da Kumunidade da 2ª divisão do campeonato regional de Santiago Sul, antes de se transferir para o juvenis do Real Sport Clube de Massamá, onde actuou como guarda-redes principal.