A equipa do Santo Crucifixo entrou com o “pé direito” na sua estreia no campeonato nacional de futebol ao vencer a Ultramarina, de São Nicolau, por 1-0, no jogo desta tarde, a contar para a primeira jornada.


O golo da vitória do Santo Crucifixo foi apontado aos 40 minutos de jogo, por intermédio de Mantcha que, de cabeça, atirou para o melhor sítio e provocou a festa dos adeptos da equipa do Coculi, fixando o resultado com que as equipas foram para intervalo.
A equipa da casa ainda teve uma grande oportunidade de dilatar a vantagem, na transformação de uma grande penalidade, aos 88 minutos, mas na transformação Gogol permitiu a defesa do guarda-redes Nhá e manteve-se o resultado, 1-0, com que terminou a partida e garantiu os três pontos para o Santo Crucifixo.
Jorge Fonseca, treinador do Santo Crucifixo, e Alexandre Ramos, treinador da Ultramarina, são unânimes na avaliação do jogo, considerando que a partida teve duas partes distintas em que na primeira parte dominou o Santo Crucifixo e na segunda parte dominou a Ultramarina.
O resultado é bom para o Santo Crucifixo que tem tarefa complicada nesta fase, tendo em conta que está em duas competições diferentes (campeonato e taça) e vai jogar já na terça-feira para a Taça de Cabo Verde, partindo no dia seguinte para a ilha Brava.
Alexandre Ramos considerou que o resultado do jogo de hoje “foi mau” mas conta trabalhar com vista a uma vitória na próxima partida em que joga em casa frente à formação campeã da ilha do Maio.
Com os resultados dos jogos de hoje, no grupo B (Académica 83, Sporting da Brava, Santo Crucifixo e Ultramarina), a Académica 83 e o Santo Crucifixo têm três pontos, o Sporting da Brava e a Ultramarina não pontuaram.
Na próxima jornada, o Santo Crucifixo desloca-se à ilha Brava para defrontar o Sporting local e a Ultramarina recebe, no seu reduto, a formação da Académica 83, da ilha do Maio.
Inforpress